10/07/2019

O jornalismo investigativo resiste na América Latina

Jornalistas sul americanos discutem obstáculos vividos no continente para atuar na área 

Por Luana Dias 
Edição Germano Assad

O primeiro a falar sobre os Desafios do Jornalismo investigativo na América Latina no congresso da Abraji foi Octavio Enriquez, repórter do jornal nicaraguense La Prensa. 

Antes de abrir o slide com a apresentação que havia preparado para o evento, Enriquez alertou: “Estamos em uma situação crítica do ponto de vista dos direitos humanos [na Nicarágua]. Trago uma apresentação com imagens que acredito serem muito fortes”. 

As imagens contextualizavam o governo opressivo do presidente Daniel Ortega e de sua esposa Rosario Murillo. Conforme dados de 2018 disponibilizados pelo relatório preliminar da Associação Nicaraguense dos Direitos Humanos (ANPDH), no período de 19 de abril a 25 de julho, foram mortas 448 pessoas pela repressão do governo. 

03/07/2019

Vídeos | Como entrar em contato com grandes histórias | Entrevista com Daniela Arbex

Daniela Arbex, jornalista, escritora e documentarista, falou com a Redação Laboratório do Projeto Repórter do Futuro sobre como se dá a relação com as fontes e a construção de grandes histórias. Ela participou do Domingo de Dados do 14º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo.
Por Cristiane Paião, Gabriela Neves e Natalia Souza
Edição Augusto Godoy



Vídeos | Introdução à programação | Entrevista com Cecília do Lago e Rodrigo Menegat

Cecília do Lago e Rodrigo Menegat, jornalistas do Estadão, falaram com a Redação Laboratório do Projeto Repórter do Futuro sobre as maneiras mais eficientes de começar a trabalhar com programação e dados. Eles participaram do Domingo de Dados do 14º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo.
Por Cristiane Paião
Captação e Edição Augusto Godoy

Vídeos | Podcasts no Brasil: "Caso Evandro", Projeto Humanos | Entrevista com Ivan Mizanzuk

Ivan Mizanzuk, professor, escritor e podcaster, falou com a Redação Laboratório do Projeto Repórter do Futuro sobre sua relação com o jornalismo e o desenvolvimento de podcasts no Brasil. Ele participou do Domingo de Dados do 14º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo.
Por Weslley Galzo e Cristiane Paião
Edição Augusto Godoy


Perfil: Felype Adms Oliveira (Rede Record/ Pará)


Quem é esse cara que gastou, economizou, se endividou e viajou mais de 2.800 km para estar em um lugar que para muitos é banal?

Por Vitória Macedo
Edição Cristiane Paião e Gabriela Moreira
Felype Adms Oliveira fez uma viagem de mais de 20h até o Congresso. Foto: André Catto

Como todo bom jornalista Felype Adms Oliveira, que trabalha na TV Vitoria, uma afiliada da Rede Record de Vitoria do Xingu, em Altamira no Pará, gosta de contar histórias. A sua vinda da área mais verde do país é inspiradora diante de olhares que estão sempre voltados para as selvas de pedras das grandes capitais do eixo sul-sudeste. Frente a frente, sentados em uma mesa no vão principal do Congresso Internacional de Jornalismo da Abraji, a conversa fluiu com os estudantes da redação-laboratório do Repórter do Futuro em meio aos aviões que iam e vinham a todo instante sobre os céus da Anhembi Morumbi...